segunda-feira, 30 de agosto de 2010

...caminhando

Bastante ocupada, desenvolvendo a consciência da percepção de conhecimento.
Percebendo saberes já presentes e facilidade no aprendizado.
Caminhando, vendo portais se abrindo proporcionalmente a passos dados, sabendo que sempre há o que aprender e que posso e tenho bastante o que ensinar.
Sentindo gratidão por toda e qualquer oportunidade recebida.

domingo, 29 de agosto de 2010

Eu, caminhando

A-cor-dan-do, saindo dá área de "conforto" prá área de "liberdade de escolha".
Que bom!!
Estou em treinamento, plenamente... feliz por me renovar a cada dia.
Estou caminhando, de mãos dadas com o que eu quero e me quer, coração livre de qualquer coisa que escureça meu caminho.
Estou caminhando e feliz, caminhe e seja feliz comigo, vem!!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Estou estudando

Estarei ausente alguns dias, mas trago vocês comigo... no coração.
Volto logo, com saudade, lembrem-se de mim.
Beijão e abração grandão!

"Em um das passagens do livro Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carol, Alice está perdida e trava uma conversa com o gato, ela pergunta ao gato qual caminho deve seguir, o gato retruca perguntando onde ela quer ir e ela responde que não sabe, assim o gato responde: "Se você não sabe para onde quer ir, então qualquer caminho serve...".

"Quando pensamos sobre a concepção de um projeto pessoal de vida temos que ter em mente dois verbos: o fazer e o ser (podemos incluir ainda um terceiro verbo: o ter), ou seja, o que fazer para ser o que queremos e ter o que queremos. Um projeto começa com um desejo de estar melhor, uma noção difusa, que não define como; para realizá-lo é preciso ter clareza para onde se quer ir, construindo uma estratégia para poder atingir, porém a realização é limitada pelas crenças e paradigmas pessoais. Para acontecer uma ação bem sucedida é preciso ter disciplina e dedicação."

"Trabalho vai além de ter um emprego. Trabalhar é exercer uma ação no mundo, ação que modifica, mesmo sendo pequena tem valor e transforma."

"Resolva problemas e suba. Crie problemas e suma."

"Carreiras são como aviões você precisa de mais força na decolagem do que para se manter nas alturas.Ou seja, esteja preparado para ralar muito nos primeiros anos."

"Defina suas metas
Persista, persista até vencer
Aja positivamente
Acredite e aja positivamente
Procure o crescimento de seu ser, como um todo"

"Francisco Ferreira"

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

"Os opostos se distraem, os dispostos se atraem"

"Busco pelo que quero onde sou querida."(Yone)

Jogo de Damas

Num vilarejo da Europa oriental, num dos dias de Chanuká,1um respeitado rabino entrou na casa de estudos inesperadamente, e encontrou seus discípulos jogando damas, qdo deveriam estar estudando as leis sagradas, como era o costume naqueles tempos.
Quando viram o Mestre ficaram sem saber o que fazer. Pararam o jogo imediatamente. Um dos discípulos, tentou desculpar-se.
"Nos perdoe, Mestre. Apenas queríamos nos distrair um pouco!"
O velho fez um gesto bondoso e perguntou:
"Vocês conhecem as regras do jogo de damas?"
Como ninguém respondeu, ele mesmo respondeu:
"Vou lhes dizer quais são as regras.

A primeira é que não se podem fazer duas jogadas por vez.

A segunda, que só se pode mover para frente e não para trás.

A terceira, que quando se chega lá na última fila, você está livre para ir aonde quiser.

Vcs estão aprendendo lições muito importantes sobre a nossa existência.
Prossigam em seu jogo, por favor, prossigam!"

terça-feira, 24 de agosto de 2010

...pelo que sou, eu gosto de mim

... como a vida fica diferente (prá melhor), quando eu me disponho a receber os ensinamentos que o universo me envia, quando recebo amorosamente o que me vem e quando consigo demonstrar o amor que tenho.
São comportamentos que nem sempre tenho pois ainda me fecho quando permito que o medo fale mais alto.
Estou percebendo que o medo, criado por mim, só existe quando o alimento e resolvi não alimentá-lo mais.
Sei que teoricamente isso é mais fácil, mas também sei que estou usando a minha força interior e que ela sempre está comigo.
Viver é isso,se superar a cada dia!
Viver é abraçar, ser abraçada, é chegar, é sair ou é ficar... ir se lapidando e quem sabe um dia se tornar um "brilhante".

(transcrição de uma resposta no Orkut para uma amiga "Ana, " as fichas estão caindo" e colocando as coisas no lugar isso è bom. Tudo acontece para o nosso bem, eu sei, mas algumas vezes, demoro um pouco para perceber. A tristeza só durou enquanto eu não percebi a lição.
Agora já foi embora a tristeza e fica o aprendizado.
Sou grata por eu ter essa percepção, sou grata por sua amizade."

domingo, 22 de agosto de 2010

Fichas e fichas caindo 2



Sou grata, pela energia maior que cuida de mim... eliminando sombras e trazendo luz.

sábado, 21 de agosto de 2010

Fichas e fichas caindo....

"O medo de me machucar de novo, me paraliza e me impede de ser mais feliz, mas eu posso mudar, e quero mudar todas as vezes que eu perceber que o resultado da minha atitude não for bom "(Yone)

Refazendo o caminho que me trouxe até aqui.
Há dias, várias situações de risco passaram por perto de mim, ou eu por elas, e eu pensava... dessas estou escapando, mas sinto uma energia turbulenta por perto.
Até que dei de cara no espelho e algumas coisas clarearam.
Percebo que em alguma época (há muitos anos) construi pontes, mas elas não foram usadas como planejei que fossem, então construi muros prá me proteger, necessários na época.
E olha, foram tão bem construídos que hoje quero derrubá-los pois são eles (os muros que fiz) que estão deixando a energia turbulenta, mas está difícil.
Penso que ter essa percepção é o primeiro passo mas perceber que esse muro só existe se eu acreditar nele, é o caminho que poderá me libertar.

Aprendi

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Ter 56 anos, prá mim é....




...seguir meu caminho respeitando o caminho do outro, e nos encontrarmos quando quisermos.
É ter maturidade suficiente prá ouvir e entender "quero ficar" ou "estou indo embora" e com dor ou alegria dar graças pela vida e seguir adiante sabendo que tenho bastante o que aprender mas que também tenho bastante coisas boas à oferecer.
É saber entrar e também saber sair (se for o caso) deixando boas lembranças.
É ter um estado de espírito feliz, com e apesar de tudo, acreditando que o universo é perfeito e que tudo caminha para o bem.
É perceber a diversidade humana e respeitá-la (diferente de concordar com tudo).
É saber filtrar o que recebo e renascer a cada dia.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

em construção

Sabe, algumas vezes até eu me surpreendo com meu grau de tolerância.
Acho que por tantas coisas que já passei ou vi, hoje dificilmente perco a calma por pouca coisa.
Hoje não me preocupa estar com a razão, eu me empenho em estar bem e deixar o outro bem.
Tenho facilidade em ouvir críticas construtivas até mesmo de quem não consegue fazer o que me ensina,e tento aprender com elas.
Tenho facilidade em pedir desculpa quando percebo um erro e em dar o primeiro passo prá uma reconciliação porque penso que não importa buscar o culpado, importa solucionar a dificuldade.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

... pois é, "a gente não faz amigos, reconhece-os"

Tenho amigos que não sabem o
quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes
devoto e a absoluta
necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais
nobre do que o amor,
eis que permite que o objeto dela
se divida em outros afetos,
enquanto o amor tem intrínseco o ciúme,
que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar,
embora não sem dor,
que tivessem morrido todos os
meus amores, mas enlouqueceria
se morressem todos os meus amigos!

Até mesmo aqueles que não percebem
o quanto são meus amigos e o quanto
minha vida depende de suas existências ....
A alguns deles não procuro, basta-me
saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir
em frente pela vida.

Mas, porque não os procuro com
assiduidade, não posso lhes dizer o
quanto gosto deles.
Eles não iriam acreditar.
Muitos deles estão ouvindo esta crônica
e não sabem que estão incluídos na
sagrada relação de meus amigos.

Mas é delicioso que eu saiba e sinta
que os adoro, embora não declare e
não os procure.
E às vezes, quando os procuro,
noto que eles não tem
noção de como me são necessários,
de como são indispensáveis
ao meu equilíbrio vital,
porque eles fazem parte
do mundo que eu, tremulamente,
construí e se tornaram alicerces do
meu encanto pela vida.

Se um deles morrer,
eu ficarei torto para um lado.
Se todos eles morrerem, eu desabo!
Por isso é que, sem que eles saibam,
eu rezo pela vida deles.
E me envergonho,
porque essa minha prece é,
em síntese, dirigida ao meu bem estar.
Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos
sobre alguns deles.

Quando viajo e fico diante de
lugares maravilhosos, cai-me alguma
lágrima por não estarem junto de mim,
compartilhando daquele prazer ...
Se alguma coisa me consome
e me envelhece é que a
roda furiosa da vida não me permite
ter sempre ao meu lado, morando
comigo, andando comigo,
falando comigo, vivendo comigo,
todos os meus amigos, e,
principalmente os que só desconfiam
ou talvez nunca vão saber
que são meus amigos!

A gente não faz amigos, reconhece-os.
(Amigos - Vinícius de Moraes)

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Compartilhando meu aniversário com você,


Meu aniversário foi mais feliz tendo você.
Mesmo estando presente virtualmente foi um presente, um grande e belo presente.
Então esse bolo, que simboliza união, alegria, harmonia, doçura... querer bem... é nosso.
Ofereço, feliz, prá você.(bem gentilmente servido)