domingo, 2 de novembro de 2014

Toda hora é hora

...tenho visto tanto sofrimento ultimamente que pra mim é descabível reclamar por pouca coisa. A vida é agora, felicidade é agora, acordar com fé na vida e saúde, desejar ir em frente, desconstruir amarras e construir laços... brilhar sempre!

sexta-feira, 20 de junho de 2014

...pra se pensar

Se tivesse que escolher, o que escolheria? _ perder alguém por motivo de morte ou por escolha de te abandonar? _ alguém estar com você porque você precisa ou porque tem prazer em estar com você? Situações normais na vida, tudo é uma questão de se pensar e escolher, né. Então, minha escolha eu já sei e faço, agora é com você. (Isso não é pessoal, nem indireta, apenas mais um texto de quem gosta de escrever) Tudo é uma questão de escolha, eu escolho ser feliz, na alegria e/ou na tristeza, viver é um presente que não pode ser desperdiçado. Bom dia, olha o Sol brilhando que lindo!

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Dia do Pedagogo (20 de maio)

...e eu, Pedagoga escrevo hoje, ontem não tive tempo estava "pedagogiando" rsrs. Começo do ponto em que me recuso a generalizar o ser humano, achar que estão "todos no mesmo pacote". Penso que: - o mundo não tá perdido, ele é maravilhoso, - existe amigo(s) (não coloco verdadeiro pois só existe amigo verdadeiro, senão não é amigo) sim, pessoas amorosas e confiáveis, - há bastante gente séria (não to falando de mau humorados rsrs), - há profissionais comprometidos com o que fazem e falando nisso amo ser comprometida com a Educação. Eu, ser comprometida com a Educação acho que é uma coisa desde sempre. Antes mesmo de conhecer a vida acadêmica, antes de conhecer as teorias (o que me fez entender melhor a origem disso tudo) e de conviver com Mestres que me "clarearam" o caminho (a quem sou eternamente grata)já admirava "gente de bem com a vida", Educação também é isso. Amo aprender e amo compartilhar o que aprendo, como já ouvi dizer "conhecimento guardado (de quem quer aprender) é conhecimento perdido", concordo com isso. Pra quem gosta realmente da Educação, eu acho, não há hora ou lugar certo pra isso, em todo lugar, toda hora é hora boa, desde que sem agressão e/ou imposição. Educação é bem diferente de "adestramento", Educação é coisa de gente com sensibilidade, gente que pensa com a própria cabeça, portanto nosso trabalho formal pode até ser restrito por alguma "parede" mas não há muro capaz de restringir nossa aplicação educacional no cotidiano, não mesmo! O maior exemplo que podemos dar pra alguém é a vida que vivemos então é por aí que vou, sempre em busca de novos conhecimentos na construção da minha evolução, de braços abertos pra aprender e pra ensinar. Alguns dizem que sentem vergonha em serem educadores num mundo tão mau educado, eu digo que tenho bastante orgulho (no bom sentido) da minha profissão e da maneira que escolho conduzir minha vida, falo isso modestamente e com a certeza de que muito ainda tenho que aprender. Enquanto meu trabalho contribuir na melhoria de qualidade de vida de alguém ele valerá a pena e me deixará feliz. Parabéns Pedagogos (comprometidos com o que fazem), sempre em frente!

domingo, 13 de abril de 2014

Dogville

Muito bom, assistam se possíve!

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Oi, que bom estar aqui, que bom te receber!

Elaiá, demorei um pouco mas to de volta! Trabalho, bastante trabalho e reorganizando prioridades é o que me fez ausente um pouquinho, mas vamos lá, olha só que lindo isso!! O DEUS DE SPINOZA. Baruc Spinoza, filósofo que viveu em pleno séc. XVII. Texto chamado de "Deus segundo Spinoza" ou "Deus falando com você" "Para de ficar rezando e batendo no peito. O que eu quero que faças é que saias pelo mundo, desfrutes de tua vida. Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que Eu fiz para ti. Para de ir a estes templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construíste e que acreditas ser a minha casa. Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nas praias. Aí é onde eu vivo e expresso o meu amor por ti. Para de me culpar pela tua vida miserável; eu nunca te disse que eras um pecador. Para de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo. Se não podes me ler num amanhecer, numa paisagem, no olhar dos teus amigos, nos olhos de teu filhinho... não me encontrarás em nenhum livro... Para de tanto ter medo de mim. Eu não te julgo, nem te critico, nem me irrito, nem me incomodo, nem te castigo. Eu sou puro amor. Para de me pedir perdão. Não há nada a perdoar. Se Eu te fiz... Eu te enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos, de necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio. Como posso te castigar por seres como és, se sou Eu quem te fez? Crês que eu poderia criar um lugar para queimar a todos os meus filhos que não se comportam bem pelo resto da eternidade? Que tipo de Deus pode fazer isso? Esquece qualquer tipo de mandamento, são artimanhas para te manipular, para te controlar, que só geram culpa em ti. Respeita o teu próximo e não faças aos outros o que não queiras para ti. A única coisa que te peço é que prestes atenção à tua vida; que teu estado de alerta seja o teu guia. Tu és absolutamente livre para fazer da tua vida um céu ou um inferno. Para de crer em mim... crer é supor, imaginar. Eu não quero que acredites em mim. Quero que me sintas em ti quando beijas tua amada, quando agasalhas tua filhinha, quando acaricias teu cachorro, quando tomas banho de mar. Para de louvar-me! Que tipo de Deus ególatra tu acreditas que Eu seja? Tu te sentes grato? Demonstra-o cuidando de ti, da tua saúde, das tuas relações, do mundo. Expressa tua alegria! Esse é o jeito de me louvar. Para de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te ensinaram sobre mim. Não me procures fora! Não me acharás. Procura-me dentro... aí é que estou, dentro de ti."